Considerando a escassez de meios protecção individual e o impacto ecológico do uso intensivo de materiais descartáveis alargado à população em geral, desde Março deste ano dedicamo-nos ao desenvolvimento de um projeto solidário, fabricado em escala industrial e a baixo custo, a Máscara Têxtil Reutilizável.

 

Com base em estudos científicos sobre o desempenho de máscaras de tecido, e contando com o apoio de uma comunidade de médicos e farmacêuticos, desenvolvemos um produto inovador, quer pelo recursos a têxteis técnicos funcionais, quer pela modelagem ergonómica que se ajusta a diferentes antropometrias faciais.

As máscaras cirúrgicas (Dispositivos Médicos - DMs Tipo I, II, IIR) e os respiradores (Equipamentos de Protecção Individual - EPIs classe FFP1, FFP2 e FFP3), são dispositivos que requerem certificação pela classe de risco a que se destinam, e é essencial que sejam reservados para contexto hospitalar e de doença, tal com veiculado recentemente pela ECDC e pela DGS.

A Máscara Têxtil Reutilizável Prohome® é uma alternativa eficiente para pessoas saudáveis e/ou assintomáticas em contexto comunitário.

Os materiais utilizados são inócuos para o utilizador, certificados OEKO-TEX® Standard 100 Classe 1, e são têxteis técnicos de alto desempenho, impermeáveis e respiráveis, testados segundo os standards internacionais EN ISO 20811 e ASTM E96 BW. 

 

Saiba mais sobre os tipos de máscara e as normas europeias correspondentes.

Nenhuma máscara substitui a rigorosa observância das regras de higiene pessoal e de isolamento social, cruciais num cenário epidemiológico ou pandémico!

 

As instruções de utilização e manutenção mencionadas na embalagem devem ser cumpridas.

Se é profissional registe-se na Area Reservada a Profissionais para saber mais.

Se é consumidor consulte abaixo os pontos de venda.

1/2
 

+351 252 412 543

Largo São Martinho, 4785-298 Trofa

+351 227 120 590

Rua da Boa Nova, 121, 4405-535 Vila Nova de Gaia

+351 255 734 299

Rua Dr. Joaquim Silva Cunha, 484, 4605-384 Vila Meã

+351 252 624 623

Avenida 25 de Abril, 111 4495-322 Póvoa de Varzim

+351 227 311 482

Rua de S. Tiago, 701, 4500-447 Espinho

+351 274 600 210

Av. Gonçalo Rodrigues Caldeira, 31, 6100-732 Sertã

+351 274 671 483

Rua Santa Cruz, 100, 6150-424, Proença-a-Nova

+351 234 032 469

Rua Dr. Francisco Ferreira Neves, 29, 3800-510, Aveiro

+351 227 312 167

Estrada de Brito, 1335, 4410-206 São Felix da Marinha

+351 229 710 228

Rua 5 de Outubro, 1132, 4445-310 Ermesinde

+351 296 205 760

Rua da Vitória, 85, 9500-250 Ponta Delgada

+351 225 305 566

Rua Azevedo, 132, 4300-046 Porto

+351 256 758 117

Rua 13 de Maio, 1313, 3885-228 Cortegaça

+351 272 340 940

Rua A Zona Ind. Castelo Branco, Lote Q8.3, 6000-459, Castelo Branco

+351 911 121 111

Rua Dr. Joaquim Moreira de Barros, 28, 4980-634 Ponte da Barca

+351 255 812 680

Avenida do Apeadeiro, 83 RC, 4620-918, Lousada

+351 222 001 566

Praça Professor Egas Moniz, 112, 4100-221 Porto

+351 262 781 597

Rua dos Alcatrazes, Lote 1, 2520-428 Peniche

+351 289 823 636

Rua de Santo António, 55-57 8000-282 Faro

+351 262 552 394

Largo Comandante Cândido dos Reis, 6 rc A, 2450-149 Nazaré

+351 252 691 034

Av. Vasco da Gama, Ed. Cecominsa rc 616, 4490-410 Póvoa do Varzim

+315 274 802 361

Rua Cinco de Janeiro, 6100-221, Cernache do Bonjardim

+351 911 121 111

Avenida da Liberdade, Bloco A Lj. 1, 4980-643, Ponte da Barca

+351 255 731 122

Avenida de Recezinhos, 1934, 4560-800, Penafiel

 

Existem noutros países  regulamentos específicos para Máscaras Cirúrgicas e Máscaras de Protecção Respiratória( por ex: na China - normas YY0469 e GB2626 ; e nos EUA - normas ASTM F2100 e NIOSH), no entanto, para serem disponibilizados na Comunidade Europeia, ambos devem ser certificados conforme os respetivos Regulamentos Europeus. 

 

A China têm ainda uma norma para “Máscaras Faciais de Uso Único”, a YY/T0969.  Em Portugal esse produto tem sido confundido com a Mascara Cirúrgica por ser visualmente similar ostentar Certificação Chinesa. No entanto, não é um dispositivo médico porque não cumpre com os requisitos da norma europeia EN14683.

 

*1

Lê-se no site do IPAC - Instituto Portugês de Acreditação e do congénere europeu European Accreditation que não existem em Portugal Laboratórios Acreditados para a realização de Ensaios às Normas Europeias EN14683 e EN149, por esse motivo estão a considerados métodos de ensaio alternativos que avaliam propriedades têxteis.

*2

Como se vê no Relatório Técnico de 8/Abril da ECDC - European Center for Disease Prevention and Control e posteriormente na Informação 009/2020 da  DGS - Direcção Geral da Saúde, as máscaras comunitárias não são certificadas regulamentarmente.

*3

Especificações Técnicas para "Máscaras destinadas à utilização no âmbito Covid-19" Portugal, publicado a 14/04/2020

*4

Especificações Técnicas UNE para "Máscaras Higiénicas Reutilizáveis" Espanha, publicado a 15/04/2020.

A Prohome foi pioneira em Portugal na sua iniciativa de produzir, em escala industrial e a baixo custo, uma alternativa viável para pessoas saudáveis e/ou assintomáticas, tendo iniciado o seu projeto a 13 de Março deste ano. 

Desde cedo, percebemos que o uso generalizado de máscara por pessoas assintomáticas viria a ser defendido como meio de contenção da transmissão da doença em contexto comunitário.

 

Mas, percebemos também, que esse uso generalizado acarretaria grandes problemas como escassez, açambarcamento e especulação comercial, e, não menos importante, impacto ambiental.

Tudo isto, sendo certo que, as máscaras cirúrgicas os respiradores certificados deveriam ser sobremaneira reservados, inclusive pelos governos, para contexto de risco, nomeadamente hospitalar e de doença.

Decorrido mais de um mês, surge o reconhecimento da importância da categoria “máscara social/comunitária” na qual a nossa se enquadrara desde sempre.

Estes factos nunca reduziram a nossa preocupação em assegurar um produto inócuo e eficiente. Desde o inicio apresentamos um produto:

  • Eficiente - impermeável e respirável, testado segundo os standards internacionais EN ISO 20811 e ASTM E96 BW.

  • Ergonómico - adapta-se a diferentes antropometrias faciais graças ao modelo de utilidade que inventamos em formato “prega fêmea”.

  • Inócuo - materiais testados a substâncias nocivas para o contacto direto com a pele, certificados c/ OEKO-TEX® Standard 100 Classe 1.

  • Reutilizável - apresenta resistência à lavagem a 90ºC.

  • Rigoroso - expressamos com clareza na embalagem a indicação “Não é um dispositivo médico”, em conjunto com outras instruções, deixando claro que se destina a pessoas saudáveis e/ou assintomáticas. 

  • Solidário - reunimos esforços, em cooperação com os nossos fornecedores e distribuidores, para disponibilizar este produto ao consumidor ao PVP máximo de 2,50€.

De resto, cumpre-nos continuar com o bom trabalho, juntamente com os nossos fornecedores e distribuidores a quem reconhecemos grande valor nesta iniciativa.

 

E cumpre-nos também zelar pelo rigor e pela transparência, esclarecendo as dúvidas que os consumidores possam sentir perante a informação difusa sobre esta matéria, agora cada vez mais comercial.